Lipoaspiração: Mistos e verdades…

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a SBCP, é um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados em nosso país. Apesar disso, existem muitos mitos a respeito.

Será que você já ouviu algum deles? 👇

 

▪ FAZER LIPO, EMAGRECE! – MITO – O emagrecimento não é o objetivo da Lipo mas, sim, a definição do contorno corporal. Para um bom resultado, o paciente deve estar no peso correto, já que esta cirurgia remove apenas as gorduras localizadas;

▪ QUALQUER MÉDICO PODE FAZER LIPOASPIRAÇÃO – MITO – Esse procedimento é considerado uma cirurgia estética e, por isso, só pode ser realizado por cirurgiões plásticos, conforme o direcionamento do Conselho Federal de Medicina;

▪ A LIPOASPIRAÇÃO DEIXA GRANDES CICATRIZES – MITO – As cicatrizes têm média 2 a 4 mm de comprimento e ficam em áreas escondidas do corpo;

▪ APÓS A LIPO, NÃO SE ENGORDA NOVAMENTE NA MESMA REGIÃO – MITO – Nas regiões em que a lipo é feita, normalmente, a gordura leva mais tempo para se acumular novamente — mas isso pode, sim, acontecer;

▪ É POSSÍVEL RETIRAR QUALQUER QUANTIDADE DE GORDURA – MITO – De acordo com o Conselho Federal de Medicina, existe um percentual específico que limita esta retirada (de 5 a 7% do peso da pessoa, desde que não ultrapasse 40% da superfície corporal;

✅ A LIPOASPIRAÇÃO MELHORA A CELULITE – Apesar do foco do procedimento não ser este fim,o resultado pode minimizar o aspecto “casca de laranja”, dependendo da região;

✅ LIPOASPIRAÇÃO É DIFERENTE DE LIPOESCULTURA – O propósito da Lipoescultura é aproveitar a gordura aspirada para enxertá-la em outra região, seja para corrigir depressões, melhorar as curvas ou até mesmo aumentar o tamanho do bumbum, por exemplo.